5 passos para incentivar seu filho a comer melhor

Tempo de leitura: 3 minutos

Encorajar seu filho a ter hábitos saudáveis não é uma tarefa fácil, muito menos quando falamos de uma alimentação saudável.

Seus filhos estão viciados em fast food e outras guloseimas? Com essas dicas simples, você vai fazer suas crianças comerem direito sem transformar o horário das refeições em uma zona de batalha, confira nossas dicas.

Os benefícios de uma alimentação saudável para crianças

A pressão dos colegas e os comerciais de TV de comidas podem fazer com que seus filhos comam bem uma batalha difícil. Considere sua própria agenda agitada e não é de se admirar que tantas dietas infantis sejam baseadas na conveniência e na comida para viagem.

Uma dieta saudável também pode ter um efeito profundo na sensação de bem-estar mental e emocional de seu filho, ajudando a prevenir condições como depressão, ansiedade, transtorno bipolar, esquizofrenia e TDAH.

É importante lembrar que seus filhos não nascem com desejo por batatas fritas e pizza e aversão a brócolis e cenoura. Esse condicionamento acontece com o tempo, conforme eles são expostos a cada vez mais escolhas alimentares não saudáveis.

No entanto, é possível reprogramar as preferências alimentares de seus filhos para que eles desejem alimentos mais saudáveis.

5 passos para incentivar seu filho a comer melhor

1.   Concentre-se na dieta geral

As crianças deveriam comer mais alimentos inteiros e minimamente processados ​​- alimentos tão próximos de sua forma natural quanto possível – e menos alimentos embalados e processados.

2.   Seja um modelo

O impulso infantil de imitar é forte, então não peça a seu filho que coma vegetais enquanto você se empanturra de batatas fritas.

3.   Disfarce o sabor de alimentos mais saudáveis

Adicione vegetais a um ensopado de carne, por exemplo, ou amasse cenouras com purê de batata, ou adicione um molho doce às fatias de maçã.

4.   Cozinhe mais refeições em casa

Refeições em restaurantes e comida para viagem têm mais açúcar adicionado e gordura prejudicial à saúde, então cozinhar em casa pode ter um grande impacto na saúde de seus filhos. Se você fizer grandes lotes, cozinhar apenas algumas vezes pode ser o suficiente para alimentar sua família durante toda a semana.

5.   Envolva as crianças

Envolva seus filhos nas compras de mantimentos e na preparação das refeições. Você pode ensiná-los sobre diferentes alimentos e como ler os rótulos dos alimentos.

Alimentos saudáveis para crianças começam com o café da manhã

Crianças que tomam café da manhã todos os dias têm melhores memórias, humor e energia mais estáveis ​​e pontuam mais alto nos testes. Comer um café da manhã rico em proteínas de qualidade – de cereais enriquecidos, iogurte, leite, queijo, ovos, carne ou peixe – pode até ajudar os adolescentes a perder peso.

 O café da manhã não precisa ser demorado. Faça alguns ovos no início da semana e ofereça-os aos seus filhos todas as manhãs, junto com um cereal com baixo teor de açúcar e proteínas e uma maçã para viagem. 

Cuide melhor da saúde de seu filho

Na Rio Norte Saúde, temos especialistas em nutrição e pediatras prontos para orientar você nessa jornada da alimentação saudável. Faça o agendamento online de consulta conosco.

 

Criada com o objetivo de oferecer consultas e serviços a preços acessíveis, a Rio Norte Saúde tem a proposta de disponibilizar um atendimento diferenciado e de qualidade para aqueles que não possuem planos de saúde.

Amparo, apoio, carinho, cuidado e humanização são elementos que compõem os pilares da clínica. A Rio Norte conta ainda com profissionais altamente capacitados e equipe multidisciplinar séria e ética que funcionam como parte da sua identidade.

Localizada em um lugar de fácil acesso, no centro de Madureira – Zona Norte do Rio, a clínica conta com diversas especialidades para atender pacientes de todas as idades e com os mais variados casos clínicos e exames laboratoriais.

Ginecologia
Pediatria
Cardiologia
Clínica Médica
Gastroenterologia
Endocrinologia
Dermatologia
Nutrição
Ortopedia
Urologia
Angiologia
Proctologia
Atendimento ao Idoso
Psicologia
Neurologia
Obstetra