Ultrassonografia Ducto Venoso (translucência nucal + osso nasal) Trigemelar em Madureira - RJ

Ultrassonografia Ducto Venoso (translucência nucal + osso nasal) Trigemelar em Madureira - RJ

O ultrassom transvaginal com translucidez das mucosas, osso nasal e ducto venoso do Doppler faz parte do ultrassom obstétrico no monitoramento da gravidez, verificando a saúde do feto e da mãe. No caso da ultrassonografia transvaginal com translucidez dos testículos, osso nasal e ducto doppler, o teste é realizado no início da gravidez, até 14 semanas, para verificar a saúde do feto, observar a translucidez cervical, ou seja, o tamanho do colo do útero e a formação do osso nasal, como forma de avaliar a predisposição para defeitos genéticos e síndromes como a síndrome de Down.

Além disso, o estudo avalia a linha venosa, a comunicação entre os vasos sanguíneos presentes no cordão umbilical e os vasos sanguíneos presentes no corpo fetal, bem como a circulação entre eles através da observação doppler.

Para que serve?

O exame ultrassonográfico transvaginal com translucidez das mucosas, osso nasal e ducto doppler é realizado usando uma sonda e um dispositivo de ultrassom no final. A sonda é inserida através da vagina, o que permite uma melhor visualização do feto do que com a ajuda de um ultrassom tradicional realizado pelo abdômen, especialmente em mulheres grávidas com muita gordura da barriga. Ao procurar a posição do feto, o médico move a sonda usando o ultrassom para fazer as medidas apropriadas para o exame, como medir o pescoço do médico e avaliar o osso nasal.

Qual a eficácia desse exame?

Exames desse tipo são essenciais mas não são perfeitos. Eles conseguem separar o grupo de alto risco, mas mesmo nos grupos de baixo risco identificados no teste, podemos ter fetos com síndrome de Down. Supõe-se que a translucidez do pescoço tenha uma sensibilidade de cerca de 80 a 90%. Isso significa que entre 80 e 90% dos fetos com síndrome de Down serão classificados como "alto risco". Portanto, cerca de 10 a 20% dos fetos com síndrome de Down têm uma medida normal da translucidez cervical.

A importância do ducto venoso na detecção de problemas

O aumento da impedância do fluxo no ducto venoso fetal entre 11 e 13 semanas de gravidez está associado à aneuploidia fetal, defeitos cardíacos e outros efeitos adversos da gravidez. A maioria dos estudos que avaliam o fluxo do ducto venoso classifica as formas de onda como normais quando a onda observada durante a contração atrial é positiva ou anormal quando a onda está ausente ou invertida. No entanto, a alternativa preferida para avaliar o risco de complicações relacionadas à gravidez é medir o índice de pulsação da veia (PIV) como uma variável contínua. A inclusão do fluxo sanguíneo da linha venosa em um teste de triagem combinado no primeiro trimestre da gravidez melhora a taxa de detecção de trissomia 21 para cerca de 90% a 95% para uma taxa de falso positivo de 3%.

Faça esse exame na Rio Norte Saúde!

Para descobrir se o exame é adequado para você, você precisa do apoio de um bom profissional que fornecerá cuidadosamente a ajuda necessária. Além disso, é importante que a angiotomografia seja realizada em uma clínica confiável.

Ligue para nós e conheça mais sobre isso!

Pré-agende sua consulta

Agendamento Online

de Consulta

Clique no botão abaixo e faça agora mesmo o agendamento de sua consulta.

Agendar

Valor do exame:

R$ 429,00

Pergunte ao Doutor

Pergunte ao
Doutor

Preencha o formulário para entrar em contato conosco via e-mail e tire suas dúvidas.

Gostaria de receber uma ligação gratuita?

NÓS TE LIGAMOS! Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.
Logotipo Whatsapp dentro de círculo esverdeado
Whatsapp Ligar Entre em contato